6 de maio de 2015

A GRANDE MURALHA DA CHINA



  - Tais Luso

O solo muito fértil do norte da China, no Vale do rio Amarelo, atraía a cobiça de vários povos. Os ataques e saques eram constantes. Assim, os Chineses tiveram de se defender dos inimigos construindo muralhas e torres de vigia ao longo de suas fronteiras do norte. Mas o interessante e curioso de saber sobre essa fantástica Muralha, é que não foi construída numa única estrutura como se pensa, mas erguida em diferentes etapas por quase dois mil anos, com diferentes materiais, como tijolo, granito e calcário, e depois unida. Em várias partes a Muralha atinge 16 metros de altura.

Durante a dinastia Chou (1027 a.C) foram criados vários Estados governados por famílias diferentes. Tornaram-se muito independentes do poder real e passaram a lutar entre si para conquistar mais território e poder. Finalmente, apenas sete Estados tinham força suficiente para continuar na disputa: as dinastias Chi, Chu, Chao, Wei, Han, Yen e Chin. Ficaram conhecidos como os Estados Guerreiros.

Quando, finalmente Chin venceu todos os outros Estados e fez da China seu Império, as fortificações principais foram unidas, formando a Grande Muralha. O Estado de Yueh continuou independente até a dinastia Tang.

Milhares de homens trabalharam nessa tarefa onde muitos morreram durante a construção, trabalhando até a exaustão. Durante a Dinastia Han (206 a.C a 220 d.C), todos os homens entre 23 a 56 anos de idade eram obrigados a servir o exército durante 2 anos.

A princípio as Muralhas da China foram construídas com a criação de 44 acampamentos fortificados e interligados por um calçamento primitivo. A obra só foi concluída em 1368 na Dinastia Yuan. Portanto 1588 anos de construção! A grande Muralha tem 8.850 quilômetros de extensão, da China até a Mongólia onde começou a ser erguida no século II a.C. pelo primeiro Imperador Tchi-Huang-Ti, defendendo-se dos Mongóis e Manchus. Em certos pontos atinge 16 metros de altura por 7 metros de largura, o qual passavam as tropas com facilidade e rapidez. As torres para os soldados possuíam portas, estábulos para os animais, depósitos de suprimentos e armas.

A Muralha da China é uma das poucas construções que pode ser visto da lua. As outras são as Muralhas de Pedra de Yangtzé (China) construída no delta do rio do mesmo nome e as ilhas artificiais The Palm (Emirados Árabes).





Fonte: Povos do Passado / Os chineses – Círculo do Livro S. Paulo

39 comentários:

  1. Soneto-acróstico
    À Muralha

    Milhares de vidas e dias despendidos
    Uma defesa contra supostos inimigos
    Relatam medo e paranoia incontidos
    Assim como produzir sólidos abrigos.

    Longa que pode ser vista até da lua
    História da China muralha consolida
    Até nestes dias a muralha continua
    Deixando-nos pasmos além medida.

    A muralha é o símbolo da sociedade
    Conhecida por ódios e medos tantos
    Haverá nela uma esconsa inverdade?

    Inaudito divisor de homens quantos
    Não lhes acode cultivar a amizade
    Apenas cada homem no seu canto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bonito, Jair, tudo aí com precisão, com verdade, expondo defeitos, cobiças e feridas de uma civilização antiga. E estamos vendo que nada mudou.
      Gostei muitíssimo.
      Grande abraço!

      Excluir
  2. Querida amiga Tais, este post vale uma aula de história.
    Um abração. Tenhas uma ótima tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo Dilmar, adoro quando vejo que a postagem agradou, realmente é um tema fascinante, e é bom variar.
      Obrigada pela sua presença, grande abraço!

      Excluir
  3. Que beleza,Taís.Muito interessante teu post e tema! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Chica, também gostei. E estou gostando mais em dividir aqui com vocês.
      Beijo, meu carinho, amiga.

      Excluir
  4. Que aula, hein Taís! Nota dez com louvor!
    Obrigada, por tão rico conhecimento partilhado.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você me deixa muito contente com seu comentário, Célia. Realmente pesquiso em várias fontes, em vários livros pra ver se tudo está batendo certo. Não é incomum os dados não fecharem. E o trabalho torna-se também mais criterioso para fazer uma matéria pequena e agradável.
      Beijo, amiga, obrigadíssima.

      Excluir
  5. Aí está um 'monumento', que dificilmente alguém consegue visitar por completo.....Ir visitar algo....e não conseguir ver tudo.....acho frustrante. Por isso gostei muito do seu Post.
    Ninguém me consegue tirar o toque do papel....
    Que a saúde não a largue....
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas você está coberto de razão, Andrade, também penso que não se visita tudo, não há como. Por isso adoro trazer esse tipo de matéria.
      Obrigada pela sua presença sempre querida.
      bjus, também espero ficar boa logo, rs.

      Excluir
  6. Hola Tais: Gracias por los temas tan interesantes que publicas y que nos incitan a investigar más.

    La muralla fue designada Patrimonio de la Humanidad por la UNESCO en el año1987.

    Como bien dices, gran parte de la Gran Muralla tiene fama de ser el mayor cementerio del mundo, pues aproximadamente 10 millones de trabajadores murieron durante su construcción. No se los enterró en el muro en sí, sino en sus inmediaciones.

    Creo que si disponéis de tiempo os gustará este video que os dejo sobre la Gran Muralla.

    https://www.youtube.com/watch?v=rtyP5rMZgSE

    Un fuerte abrazo amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida Amelia, sempre são temas muito interessantes, realmente despertam curiosidade, investigação e mais e mais conhecimentos, sempre.
      Olharei o vídeo, sim, que bom que enviou!
      Beijos, amiga, obrigada pela sua presença!

      Excluir
  7. Olá Taís! Confesso que sabia um pouco sobre o assunto, mas nao com esta riqueza de detalhes. Belo post amiga! Parabéns!

    Beijos e uma ótima quarta-feira para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Furtado, que bom que você gostou, fico contente com essas manifestações. Um passeio turístico... adorei. Pedro também está enviando abraços!
      Beijos, amigo, obrigada pela presença e carinho da visita.

      Excluir
  8. Oi Taís! Muito obrigado pelo grande passeio turístico e a bela e completa aula de História da China.

    Beijos para ti e para o Pedro.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga Tais, muitas vezes eu pensei em como pode ter sido construída uma muralha como essa, já vi no Google e claro não li tudo como li aqui e fiquei pensando no tempo que levou para ser construída, quase dois mil anos, muitas dinastias e isso é de nos fazer refletir!
    Esmerado post, com lindas fotos, tudo bem explicadinho, uma linda aula de História como disse o nosso amigo em comum, Dilmar, adorei!
    Beijos e abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, querida Ivone, quase 2 mil anos, que loucura, não? Dá o que pensar, sim. São povos guerreando sem parar e cobiçando o que não é seu. E a coisa continua, só mudou de época, de armas e de estratégias...
      Beijo grande, querida amiga. Obrigada você aqui.

      Excluir
  10. Minha querida amiga Tais, sempre aprendi muito desde que frequento teu blog, sobre um tudo, sempre me alertou dos males do mundo, como o post sobre a peste negra, e hoje estamos apavorados com um mosquito...esta muralha eu só sabia que se podia ver do espaço, o que por si já é grandioso...mas a história, o porque, a forma, tudo, a origem desta maravilha construida pelo ser humano, acabei de saber. Tais Luso é cultura.
    ps. Carinho respeito e abraço.
    ps.2 Querida Tais, tua presença no meu blog é pura luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jair, que bom que você gostou do quesito Variedades, fico feliz. História quase sempre requer várias pesquisas, pois nem sempre os dados 'fecham' de um livro com o outro. Mas a Muralha é fantástica pela sua imensidão e pela sua história.
      Sobre o mosquito... tá difícil, a população não ajuda, guardam mil vasinhos com água, pneus, montanhas de lixo...Também estou com receio.
      Quanto a você, querido amigo, sempre noto sua gentileza e generosidade, e assim é você com todos os seus amigos da blogosfera. Gratíssima!
      Grande abraço, amigo.

      Excluir
  11. impressionante! É o que eu posso dizer. Um milagre da determinação! Muito bom, Tais. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fábio, deve ser lindíssimo e emocionante um voo lá nas Muralhas! Ver tudo aquilo no seu conjunto, ver quase 2000 anos de construção.
      Estou contente por dividir aqui no meu espaço.
      Obrigadíssima pela tua visita, sempre querida.
      Beijo!

      Excluir
  12. TAÍS,

    esta monumental obra chinesa é a única que pode ser vista do solo lunar com todo o seu preciosismo, extensão e clareza.

    É uma expressão viva de como uma nação que deseja o melhor para o seu povo, pode realizar e ,quando nós recebemos aqui os milhares de chineses que têm imigrado para o Brasil o que esperamos deles é respeito, o mesmo respeito que, nós brasileiros temos por eles, quando reverenciamos as suas grandes obras.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, Paulo, e é um povo respeitoso pelo que temos constatado, apesar de certos costumes (no teu excelente texto) nós não concordarmos com eles, né? Mas lá eles estão no país deles, nada podemos fazer quanto aquelas 'especiarias'.
      Grande abraço, amigo, obrigada pela sua presença aqui, sempre muito bem-vinda.

      Excluir
  13. Tais, as imagens nos mostram a beleza da obra, mas sua história é impressionante. Anos e anos, vidas ceifadas... Gostei muito de sua postagem porque não havia, ainda, me dedicado
    a ler sobre ela. Sua pesquisa nos ofereceu seus mais importantes detalhes. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marilene, adoro essas pesquisas, descobre-se sempre pontos chaves, importantes. E adoro trazer para compartilhar.
      Beijo grande, lindo domingo!

      Excluir
  14. Querida Tais, seu blog sempre nos traz postagens ótimas e esta em particular em gostei muitíssimo. Sabemos sobre a muralha da China, mas seus detalhes de pesquisa são incríveis. Não sabia do tempo que levou para ser construída e nem sobre o material usado. Obrigada pela rica aula de História Geral. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada digo eu a você, querida Marli! Realmente a gente pensa que a muralha foi 'continuada' do ponto que parou. História muito interessante.
      Lindo domingo.
      Beijo!

      Excluir
  15. Olá Tais,

    Ótima postagem! Cultura geral será sempre bem-vinda.
    Trata-se de uma construção arquitetônica admirável. Não conhecia a história assim tão detalhada. Soube, através de uma reportagem da internet, que a integridade dessa Grande Muralha encontra-se ameaçada, pois agricultores roubam tijolos do muro para fazer cercas e os turistas costumam levar para casa pedaços do muro como "lembrança".
    Lindas as imagens.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rss, souvenir!! Credo. Turista é ótimo...
      Mas essa dos agricultores eu não sabia... pior ainda.
      Linda semana pra você.
      Beijo!

      Excluir
  16. Estimada, Tais Luso.

    Tudo muito lindo.
    Não tenho outra expressão, para escrever.
    Ah, Tenha, um dia das Mães, maravilhosamente Maravilhoso.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho do comentário, amigo José.
      Uma linda semana pra você!
      Abraços

      Excluir
  17. Oi amiga Taís, primeiramente, quero te desejar um Feliz Dia das Mães.
    Embora eu só seja mãe de gatos, fiz uma breve homenagem às mammys da blogosfera. Sei lá, mesmo assim me senti meio estranha. É como aquelas coisas de colégio, nem todos estão comemorando junto contigo e o negócio fica meio comercial. Talvez por isso mesmo eu tenha homenageado com um comercial. rsrsrs.
    Amiga, tem posts seus como o da Peste Negra que não esqueci e são verdadeiras aulas de História. Sabia quase nada sobre a Muralha da China, só alguns itens e fiquei maravilhada com tua pesquisa. Não se preocupe se os dados não fecham, como bem explicou minha prof de História: "A História nunca será uma Ciência exata". A História viaja no passado para explicar o presente e por isso ela muda junto com o tempo.
    Amei o post! Parabéns! Tu devia dar aula de História e Arte!
    Beijos e boa semana para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, MI!! A filharada acabou de sair, vieram almoçar com a mami! Só o caçulinha ficou, está deitado no tapete... rs
      Sobre História, nem sempre os dados fecham, mas não descanso enquanto não encontro na maioria dos livros a mesma medida, fui na base da persistência!
      Estava com saudades tuas e ando com saudades daqueles teus contos...
      Beijo, querida amiga!

      Excluir
  18. Obrigado amigo (a). Estou fazendo uma visita ao teu Blog. Meus parabéns pelos teus trabalhos e sucessos. Abraço de Manoel Limoeiro. Recife PE.
    '

    http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/

    Recife, 11 de maio de 2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sua presença, Manoel.
      Abraços à Recife, terra linda.

      Excluir
  19. Bom dia querida Tais.. é majestosa só de ver.. imagina cruzando a mesma..
    assim como são as piramides.. tudo tem um propósito.. tudo que o homem fez e o tempo ainda mantém é como se fossem direções para seguirmos..
    minha professora foi a chiba 2 anos atrás.. conheceu alguns lugares.. foi mais pela medicina chinesa que é magnifica.. mas muito profunda..
    não sei agora se a muralha tem alguma ligação com as estrelas.. mas pelo que sei as piramides tem e todas estão alinhadas com o cruzeiro do sul.. milhares de anos atrás faziam essas coisas.. para ver como nós ainda estamos gatinhando na atualidade.. beijos meus e até sempre.. volto ler mais coisas logo logo.. lindo dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido amigo Samuel!
      A China e outros países do Oriente nos despertam muita curiosidade, ando meio 'oriental' atualmente rs. Sobre a sua medicina tenho lido algumas coisas interessantes, muito diferente da nossa. É muito antiga, aliás tudo lá desperta nossa curiosidade exatamente por ser bem antigo e exótico, desde as comidas, costumes etc.
      Beijos, uma ótima semana! 'Brigadão'.

      Excluir
  20. Que postagem interessante, Taís querida.
    Obrigada pela partilha.
    Tenha um ótimo domingo e uma feliz nova semana.
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Verena, que bom receber você aqui!
      Grande beijo, um lindo domingo pra você e para os bichinhos!

      Excluir

QUERIDOS AMIGOS:

1 - Este blog não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso