6 de outubro de 2013

EFEITO PHOTOSHOP



       - Tais Luso de Carvalho

O programa chamado Photoshop é perfeito demais. Tão perfeito que consegue deixar qualquer propaganda sem muita credibilidade, quase tudo é retocado, seja na cor, seja na textura. Nenhuma garota daquelas tem a pele  tão lisa e porcelanizada. O recado pode ter a melhor das intenções, mas a forma que é apresentado, irrita.
São mulheres que parecem ser de outro planeta: barriga enxuta, cabelos sedosos, pele maravilhosa, olhos magníficos e dentes perfeitos. Ah, para, tenham dó.
A propaganda do Photoshop é bem clara: Edite suas fotos com qualidade! Depende da interpretação que se dá a isso. Hoje, qualidade é mexer em tudo, retocar tanto uma foto até que fique parecida com uma obra-prima dos grandes mestres da Renascença.
Mas, ao chegar defronte do espelho, está ali o real. Quantas pessoas não ficam frustradas ao se olharem no espelho, com sua imagem verdadeira? Algumas espinhas, cabelos assassinados no último corte, algumas gordurinhas, a celulite amiga. Tudo errado? Não – conosco está tudo certo. O errado está com eles: os programas de Photoshop, antirrealista.
O belo deve ser o natural, a beleza não é a que nos vendem. Por isso tudo é que o nosso país é o segundo na lista de cirurgias desnecessárias. Há uma vontade inexplicável de ser uma outra pessoa. Parecida com a famosa não sei de onde. Que ânsia de fama.
Essa manobra, essa falsa ilusão das coisas deixa qualquer um com falta de autoestima. Por que tudo tem de passar pelo reparador? Caramba, só nos enterram.
A televisão está com filtros. Potentes. Confesso que estou saudosa dos aparelhos de televisão mais antigos. As pessoas eram normais. Tinham espinhas, rugas e vida. Podíamos saber a idade das coisas, nos situávamos no tempo e no espaço. Hoje parecem bonecas. 
Na semana passada fui ao salão: escolhi um corte de cabelo e umas mechas – tão lindas que acreditei que ficariam ótimas em mim. Lindo o brilho daquele produto. Mas em mim deu tudo errado – até a cor… Só depois é que disseram que nunca fica igualzinho.

– Mas é Photoshop, Taís!! 

Era tarde; voltei com ideias suicidas. Cabelo de mulher é coisa sagrada. Agora só resta esperar ou me atirar debaixo do ônibus.
Triste essa neura, essa obsessão pelo Photoshop, por próteses exageradas oferecendo fantasia, ilusão e aleijando meio mundo com cargas exageradas.
É uma pena, que em pleno século 21, com tantos avanços tecnológicos e descobertas científicas, onde uns falam tanto em espiritualidade, e outros pregam ética e moral pelo mundo afora, ainda temos de assistir coisas muitas vezes sem propósito. Mas faz parte das sociedades onde se valoriza pouco o  espírito e muito a matéria. Uma matéria destorcida.
Ando com saudades dos tempos de minha juventude; entre o ser e parecer não haviam conflitos. E convivíamos bem melhor com nosso corpo, não havia tanta infelicidade.
Tenho saudades do comportamento da minha geração.




25 comentários:

  1. Disseminou-se uma neura pela aparência fabricada de que está tudo bem... tudo na mais perfeita ordem... que não há problemas... Coitado de quem acreditar nisso!! Quantas publicidades enganosas! E, nós por tabela, fazemos as nossas também, infelizmente! Assumir nossa realidade não é pra todos não!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  2. Apesar de tudo aquilo que traz a quase "perfeição", as cirurgias estéticas e afins, não me parece que as pessoas sejam mais felizes. Se fossem, não precisavam dessa busca constante da "falsa" perfeição.

    Gostei de ler o seu texto.
    Uma boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá Taís,
    photoshop é bom para fazer arte. A mentira do recurso digital não deveria se estender para o mundo real. Como você disse: uma espinha, umas celulites fazem parte da normalidade. Acreditar na pele de plástico só com inteligência plastificada!
    Um abraço, Loyde manda beijos

    ResponderExcluir
  4. Os criterios esteticos de hoje: aparentar ser monstros.
    Meu Deus, que nos passou, Tais? a partir de quando o hyper exageracao é lindo? o mundo mudou muito ... mas, eu, pelo menos, nao me movo do classicismo.
    Beijo, que tenha uma semana agradavel.

    ResponderExcluir
  5. Regressei dos Algarves.....e aqui estou a ver uma 'fresquinha.'...
    Sabe o que já aprendi...."Ver para crer.....".E mesmo assim...fixar bem a
    coisa......Se der nas vistas...não faz mal....Hoje sem crer, somos desconfiados por natureza...e quanto mais soubermos da matéria....mais
    ficamos de pé atrás....Mas a verdade....é que gostamos de limpar o olho,
    mas ficamos por aí......; a parte que nos tocar....terá de ser à moda antiga.....
    Um abraço
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Taís, eu também tenho e concordo contigo!

    Acredito que muitas dessas lindonas ao retirares a massa que protege os seus rostos, devem quase desmaiar,rs


    Muito legal tua crônica,como sempre! beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. Limerique

    Para eles beleza é perfeição
    Para tanto vale qualquer ação
    Photoshop veio fazer
    A cara que querem ter
    Independente do que eles são.

    ResponderExcluir
  8. Taisamiga

    Tu não precisas de Photoshop és sempre bonita, o Pedro que o diga... :-) :-) :-)

    Para mim acho que ficas sempre bem, com madeixas ou sem. É tua vantagem, porque eu não posso fazer tonalidades na minha farta cabeleira. Só se fosse na pêra... :-) :-) :-)

    Qjs & abç para o Pedro.

    Henrique

    Aproveitando do que já publiquei sobre o Miguel Castanho e a Tânia Vanessa (ainda pelos Brasis) vou tentar fazer um romance policial. Mas tenho de encontrar um editor que me pague...€€€€€

    ResponderExcluir
  9. Hoje estão valorizando muito mais a beleza estética que a espiritual....É muito triste que assim seja!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Eu também, querida amiga Tais, tenho saudade do comportamento de minha geração, acho que pertenço a última geração de pessoas que gostam de poesia (divaguei rs)...
    Tais, o teu olhar sobre as coisas é realmente fascinante, pois escreves com domínio do que está sentindo e do que quer passar...infelizmente a qualidade do photoshop é uma verdadeira transmutação, quantas modelos acabam ficando sem umbigo, para ser leve rs.
    Mas, 'cabelos assassinados no último corte' rsrs, genial, engraçado demais...
    É sra. Luso, continuarei a beber nesta fonte, pois o que leio aqui me serve ou servirá de alguma forma, mas o principal são as reflexões que sempre carrego comigo, após estar aqui.
    ps. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

    ResponderExcluir
  11. Tens razão querida, nada como o natural.Mulheres bonecas, deformadas e sem expressão no rosto fazem parte deste nosso novo mundo.Também tenho saudades de outros tempos em que vivíamos em paz e felizes com a nossa aparência.Belo tema!
    Brisas e flores para você. Ah os cabelos crescem logo! Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  12. Tais, tive que rir de seu comentário sobre os cabelos. Creio que todas as mulheres, vez ou outra, passam por isso. Ainda bem que crescem logo e podemos alterar o que não agradou.
    Tenho que a insatisfação com a aparência tem fundamentos outros, que estão longe dela, salvo casos excepcionais que demandam por correção. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. O culto a juventude é a coisa mais enfadonha que o ser humano pode acreditar. Amo minha careca, minha barriga, meus 48 anos. Ainda lembro meu avô beijar a boca de minha avó, quando ele tinha 70 anos e ela 60. Linda postagem amiga!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Taís! Não vejo qualquer problema em buscar-se uma aparência saudável e em prolongar, tanto quanto os meios naturais o permitem, a juventude do corpo e da mente. Para mim, o problema está a partir daí: quando não nos satisfazemos com o possível e queremos o inacreditável - mulheres que mutilam o próprio corpo na tentativa de ganhar as formas, humanamente inatingíveis, da boneca Barbie, por exemplo. Pelo que etendi, esse é o tal efeito photoshop sobre o qual você falou: a insaciedade com o normal, numa busca desenfreada pelos retoques a fim de parecer com esta ou aquela famosa. O anseio por ser outra pessoa quando, na verdade, nem mesmo o físico poderá ganhar as proporções apresentadas na tv ou nas revistas.
    Bom mesmo é cuidarmos de nossa aparência sem sermos escravos dela, não é mesmo?
    Beijão pra ti, um lindo dia de criança, que todo adulto merece tê-lo - respeitando-se aí também as proporções! rsrsrs

    ResponderExcluir
  15. Boa noite, querida amiga Tais.

    Parece que a maioria não se aceita. O pior é que isso atualmente torna as crianças infelizes, já na primeira infância. E é patrocinado pelas mães, cuja autoestima passa longe.
    Com isso a vida útil fica cada vez mais prejudicada.

    Desejo-lhe uma abençoada semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Essas propagandas todas, Taís, atingem o objetivo muito facilmente. Nós aderimos aos seus produtos, nós alimentamos esse mercado. Como consequência, somos pessoas frustradas com a imagem, com o parecer. Se existe a perfeição, porque cargas d'água não recebi? Vou buscar na fonte que supostamente possa me ajuda. É o shampoo tal, é a maquiagem tal, é o corte de cabelo da moda, os zilhares de cosméticos que prometem rejuvenescer. E a história começa bem cedo, hoje em dia. É menina ultra vaidosa, se espelhando nas modelos magérrimas ou naquelas imagens todas da tevê. E tudo não passa de uma ilusão. Não existe nada daquilo, é a tecnologia. Tecnologia que produz, que veicula... Triste.

    Tava com saudade de passar por aqui. Volto em breve!

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Oi Taís.
    Parece-me que o mundo está carente de sentimentos; de sentimentos verdadeiros. Ou as pessoas não sabem mais amar, ou não se sentem suficientemente amadas, e precisam de recursos para se fazerem amadas .Diante do espelho não se aceitam , e a qualquer custo,lançam mãos da própria saúde para conquistarem os padrões de beleza atuais.E assim os ciclos da vida passam carregados de angústia, complexos, gerando também problemas sociais. Um pouco de vaidade,faz muito bem à qualquer um. A busca pela juventude nas questões de saúde, também é muito bem vinda. Queremos viver mais e saudáveis.Apenas acho que existe agora um exagero. Minha mãe completou este ano 84. está bem velhinha, sou suspeita pra dizer , mas pra mim é a pessoa mais linda do mundo.
    Bjs Taís. Adorei,

    ResponderExcluir
  18. Pois é, fazem milagres com o Photoshop! Até a minha sogra já fez uma lipoescultura em mim numa foto de biquine que ficou inacreditável!
    Tais, querida, você que era seguidora do Blog Projetando Pessoas, está convidada a visitar o Site no endereço: www.projetandopessoas.com.br, e lá na home page, no final da página à direita no Campo Newsletter
    cadastrar seu e-mail para receber sempre nossas novidades!
    Ficarei muito feliz com sua visita!
    bjs Sandra

    ResponderExcluir
  19. O exagero pela beleza, pela perfeição é uma doença. Infelizmente, ainda ignorada. Como diz uma querida amiga, de 64 anos, bonita naturalmente e gaúcha como vc: "Quero ficar cada vez mais bela por dentro!" Passei a admirá-la ainda mais. Um abraço, Tais!

    ResponderExcluir
  20. Olá Tais!
    Concordo consigo. No mundo de hoje predomina uma inversão de valores sem jeito.Culpa de quem?Dos pais/educadores? Da sociedade que atira a toda a hora e em todos os lugares publicidade enganosa? Mas ...e a nossa capacidade de discernimento onde pára? Quase todos querem ser belos , bonitos ,perfeitos, ricos, vestir tudo de marca e ter os últimos modelos de aparelhagem...
    Ser quase analfabeto e burro não importa, desde que faça figura entre os amigos...
    A infelicidade é mais que muita!
    Um abraço.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  21. A máscara caracterizando o homem... Persona, nunca vai deixar de existir, cara Taís.
    Abraço.
    Jorge

    ResponderExcluir
  22. Tais...o mundo é mesmo assim...hoje corre atrás da perfeição externa...amanhã de qualquer outra coisa ...ainda vai faltar muito para aceitar a pessoa como ela é vivendo no tempo...com os efeitos do tempo...No entanto gosto das novas tecnologias mas desde que não "estraguem" muito o original....
    Bom fim de semana
    Abraço
    Nélia

    ResponderExcluir
  23. Agradeço e envio meu abraço aos queridos amigos:

    CÉLIA RANGEL
    ISABEL
    ANTONIO MACHADO
    CAROLINA
    ANDRADE
    CHICA
    JAIRCLOPES
    HENRIQUE ANTUNES FERREIRA
    ÉLYS
    JAIR MACHADO RODRIGUES
    ELOAH
    MARILENE
    MARCO ROCCA
    SUZY RHODEN
    AMAPOLA
    LUIS FELLIPE ALVES
    LOURDINHA VILELA
    SANDRA PORTUGAL
    ROVÊNIA
    MARIA EMÍLIA MOREIRA
    JORGE SADER FILHO
    NÉLIA BOTELHO

    ResponderExcluir
  24. Fotógrafo, nestas eras virtuais "revelo" minhas fotos no Photoshop, excelente ferramenta para imagens. O problema, Taís, não está nele... Está na estupidez e na imbecilidade humanas, coisa pior que tiririca: quanto mais se combate, mais fica...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Caio,
      Concordo com você, sim, quanto a 'estupidez humana' em deixar pessoas e produtos completamente fora do real. Isso é propaganda enganosa. É vender algo que não existe, é manipular nossa boa fé.
      Um abraço, e bem vindo ao blog, muito bom recebê-lo.

      Excluir

QUERIDOS AMIGOS:

1 - Este blog não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso